Quem inventou a tinta?

tintaNos primeiros anos da humanidade, o homem utilizava argila, pedra ou madeira para esculpir ou gravar um registro de sua vida ou experiências.

Mas quando veio de tinta e o papel, revolucionou a escrita para sempre. Ainda hoje são largamamente utilizados, pelo que é interessante saber quem inventou a tinta.

Os egípcios ou chinêses? Muitos dizem que foram os egípcios que inventaram a tinta. Eles também dizem que o papel foi inventado por um egípcio, porque ‘papel’ vem da palavra ‘papiro’, que cresce abundantemente na região do Nilo. Mas a história mostra que apenas ambos juntos deram origem á escrita. Papel e tinta,  foram inventadas pelos chineses. O inventor do papel era T’sai-Lun e o inventor de tinta foi Tien-Lcheu. Os egípcios frequentemente são considerados os primeiros utilizadores da tinta. E que um egípcio foi quem inventou a tinta. Isto é devido a noção comum de que o papel foi inventado por um egípcio. É verdade, que o papiro foi largamente utilizado no Egito para escrever no início dos tempos. Mas usaram um estilete para esculpir figuras em papiro, em vez de tinta preta. Stylus é uma haste fina pontiaguda. A tinta foi aplicada primeiramente usando uma escova feita de pena do pássaro. Com esta invenção, o inventor de tinta simplificou a escrita e a fez tão conveniente.

Em 2607 a.c., Tien, formulou um líquido escuro para marcação em pedras e papéis. Ele pegou a fuligem da madeira de pinho, naquele tempo misturado com o óleo usado em lâmpadas. Tien fez gelatina da pele de um burro e almíscar.

Inovações que se deram por volta de 1200 A.C. este líquido preto tornou-se popular e outras pessoas aprefeiçoaram a técnica através da mistura de corantes naturais. Alguns destas técnicas baseavam-se na aplicação para diferentes cores de minerais e plantas como amoras.

Mais tarde, sais de ferro foram adicionados à fórmula. Isto tornou-se a receita padrão para as gerações vindouras.  Tinha-se iniciado uma nova porta para a alfabetização por inúmeras gerações, até a nossa idade de computador moderno.

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *